Arquivo mensais:novembro 2014

Assessoria de imprensa é baseada em relacionamento profissional com as redações

jornais

 

Uma dúvida constante: A quais veículos vocês têm acesso?

– Sem arrogância ou exagero, a todos. Se ainda não tivermos o acesso, nós construímos.

O diálogo acima fez parte de uma reunião recente da Comunicare com um prospect que busca assessoria de imprensa, e denota bem o movimento que vivemos no meio.

Se a profissionalização no atendimento é necessária e irreversível, essa dinâmica também se verifica no relacionamento com os veículos de comunicação. Acabou, ou tem seu fim próximo, a era do “sou amigo do fulano na redação”.

Hoje, prevalece a Assessoria de Imprensa que construir relações profissionais e eficientes com os mais diversos veículos que façam diferença para o negócio de seu cliente.

Outra conversa, desta vez com um cliente, também ilustra e esclarece bem o tema:

– Precisarei pagar para sair aqui?!, perguntou o cliente em tom contrariado, com um grande jornal na mão. Meus concorrentes estão lá!, emendou.

– Calma, eles estão trabalhando marca e relacionamento com a imprensa há muito tempo. Nós começamos há pouco, mas já estamos comprovando para esse mesmo jornal que sua empresa merece estar lá.

Poucas semanas depois, uma matéria de meia página confirmou o progresso.

Ou seja, nem amizade, nem matéria paga. O fator-chave de sucesso é o profissionalismo.

Obs.: no primeiro diálogo, a melhor maneira de sanar a dúvida foi “vamos abordar de outra maneira. Você quer saber onde meus clientes têm aparecido? Esta semana tivemos matérias em…”.